Por trás do olhar que define Karol Conká, MC Carol e Lay

O que estamos querendo dizer quando abrimos espaço para três artistas-ativistas numa campanha da Avon? Comece assistindo este vídeo para entender. 

Ela ri entre um take e outro, mas parece incorporar outra persona quando ouve “Gravando!”. Começa a repetir o texto que criou para falar de empoderamento feminino, andando para a câmera como se fosse engolir o mundo para garantir que sua voz – historicamente silenciada – seja ouvida. E então Karol Conká brilha: 

Enxergando muito além do que a vista alcança
Qualidade, quantidade, bota na balança,
Resultado de quem tem um olhar que define,
Autoestima e confiança servindo de vitrine
— Karol Conká

É fácil perceber o poder de uma artista como Karol depois de poucos minutos por perto. Ela tem a capacidade de falar sobre cinco assuntos ao mesmo tempo, indo da balada da noite anterior à importância da representatividade da mulher negra nos diferentes espaços da sociedade – e ainda tira foto com MC Carol e combina a próxima parceria artística entre as duas.

Era essa energia que ditava o clima do set de gravação da campanha #OlharQueTeDefine, que a Mutato criou e produziu para a Avon para o lançamento da máscara para cílios Big & Define. Nossos vídeos, fotos e GIFs complementam a campanha que a Avon estreou na última semana com um comercial de TV também estrelado por Karol - criado pela J. Walter Thompson, agência-irmã da Mutato.

KarolConkaAVON_6.gif

A escolha de Karol se deve a tudo o que ela vem dizendo; se deve à relevância do seu discurso para o Brasil de 2016. Protagonista do movimento Tombamento, que prega o empoderamento estético negro, Karol tem muito a dizer – e nós, a ouvir e dar espaço para amplificar esse discurso. Aliás, semana passada trouxemos um texto super esclarecedor sobre tombamento e nunca é demais recomendar a leitura (aqui, ó).

Na campanha digital, Karol ganha o reforço de dois nomes mega relevantes do funk e do rap, respectivamente: a carioca MC Carol e a paulistana Lay. A partir do objetivo inicial de promover a máscara para cílios Big & Define, entendemos que as três eram figuras-chave para mostrar que cabe a cada um definir o seu próprio ponto de vista e mostrá-lo aos outros. O resultado, o primeiro de muitas fotos e vídeos, você confere abaixo:

E para ir um pouco mais a fundo no impacto de uma campanha como essa, pedimos que a Daniele Mattos, do nosso time de Insights, desse o ponto de vista dela, engajada nas discussões sobre empoderamento feminino.

O ponto de vista da Dani é tão poderoso que a ideia é deixar aqui só uma provocação para uma conversa que continuará com mais força daqui a alguns dias n’Ø Bløg.

Fala, Dani: 

Ver mulheres negras na campanha da Avon só afirma minha luta por ocupar espaços que são meus por direito. Que eu não deveria comemorar por existirem. Mas penso que, muito mais do que importante na minha vida, essa campanha é ESSENCIAL na vida de meninas que ainda não assumiram a sua verdadeira identidade porque pensam que seu único lugar é o da mulata exótica da televisão. Ver Conká na TV e MC Carol e Lay na internet é mostrar para essas garotas que esse também é o lugar delas. Quando o ‘ser mulher negra’ é desmistificado para essas garotas, a construção de suas verdadeiras identidades se torna um caminho um pouco mais fácil de ser trilhado.
— Daniele Mattos

Ler esse relato – que foi bem além do trecho acima – nos dá um sinal de que estamos no caminho certo. Comunicando com consistência e sem oportunismo os valores de uma marca. Trazendo para o centro das plataformas digitais da Avon debates fundamentais para a visibilidade de gêneros e o empoderamento feminino.

Nas próximas semanas teremos mais conteúdo nas timelines da Avon para continuar essa discussão tão necessária. Fique de olho – e conheça aqui todo o time da Mutato e da J. Walter Thompson envolvido nesta campanha.